“Além do Tempo” finaliza primeira fase com dever cumprido e criando gancho de curiosidade para segunda


            Que os  “ganchos” de Além do Tempo  foram um fator importante para o bem andamento da trama isso já e fato.    E não é que a autora resolveu finalizar a primeira  fase da trama exatamente com um deles. Lívia (Alinne Moraes) e Felipe (Rafael Cardoso) morrem  pelos braços de Melissa (Paolla Oliveira) e Pedro (Emílio Dantas ) , depois de despencarem de um despenhadeiro.  Dentro das águas, ao afundarem, os dois confirmam o amor que sentem um pelo outro   e na cena seguinte a trama encerra sua impecável primeira fase, passando pela segunda com  o “quase” primeiro encontro entre Lívia e Felipe reencarnados nessa nova vida, que foi impedido pelo anjo Ariel, ao tropeçar em Felipe o impedindo de entrar no vagão do metrô. .
            Só pela inovação  da narrativa da novela , a autora Elizabeth Jhin  já merece aplausos e reverencias. Foi um salto no escuro que deu certo. Essa inovação ligada a perfeita constituição de época dessa primeira fase, e atuação de um elenco digno de um Oscar pelo conjunto da obra transformaram sem dúvidas  Além do Tempo em um dos melhores produtos apresentados pela Globo este ano.


            A Elizabeth Jhin sempre falou em seus folhetins  sobre reencarnação e outras vidas, mas diferentemente de Além do Tempo, em suas outras tramas os dias atuais eram mostrados primeiro e a história ia se desenrolando através de flashbacks dos personagens de suas vidas passadas. Em Além do Tempo,  já sabemos o que aconteceu, o porque daquele personagem está nesta vida pagando esse carma.  A Expectativa é saber como essa reencarnação irá se portar diante de fatos que iram lhe testar para quem sabe uma correção ou confirmação de erros do passado.
            A Autora tem agora um grande desafio, fazer com que a segunda fase de Além do Tempo seja tão brilhante e interessante quanto a primeira. Nesta fase ela vai contar com , além da curiosidade aguçada do telespectador,  com seu texto e o elenco. A Aura romântica do século passado que ajudou muito no contexto e narrativa da primeira fase ficou para trás.

"Já é um clássico", diz Gloria Perez sobre Além do Tempo

            Como a própria  Globo vem tratando Além do Tempo como  se fossem duas novelas em uma, o fato é que a primeira delas cumpriu seu dever e é considerada um dos grandes acertos da autora, um literal “novelão”.  
            Fico aqui na torcida para que a segunda fase não perca o fôlego e mostre que com um belo texto e um elenco afiado, seja em qualquer época,  uma novela pode despertar o  interesse do público.



Fonte:
Texto: Evaldiano de Sousa


            

Comentários