Meus Personagens Favoritos do Eduardo Moscovis


        Eduardo Moscovis vem arrancando suspiros de raiva de muita gente desde que estreou em A Regra do Jogo, na pele do grande vilão Orlando,  que finge ser bom moço na trama do João Emanuel Carneiro. O personagem marca o retorno do ator depois de 10 anos afastados das novelas. Sua última trama  havia sido Alma Gêmea, do Walcyr Carrasco.
        Eduardo estudava administração quando convidado por uma amiga foi assistir uma aula de teatro na Casa de Ensaio de Humaitá. A paixão foi instantânea, Eduardo saiu encantado e logo se matriculou na escola de teatro  e começava nascer naquele momento um grande ator.
        Participou de várias montagens teatrais, e foi descoberto para a Tv através de uma delas. O diretor Emilio di Biasi convidou Eduardo para sua primeira participação na Tv depois de vê-lo atuando na peça  O Ateneu.
        Estreou na Tv em uma pequena participação na novela Top Model (1989) do Antônio Calmon, e em 1992 ganhou uma personagem de destaque na trama de Pedra sobre Pedra, do autor Aguinaldo Silva, o cigano Tibor.
        Esses foram os primeiros passos desse grande ator, que vem fazendo uma carreira recheada de grandes personagens, e é isso que vamos relembrar no post de hoje, reviver seus personagens mais marcantes na Tv.

Delfino de A Madona de Cedro (1994)
madonadecedro_logo


com a ANDREA BELTRÃO 
        Depois de alguns personagens em novelas da Globo, Eduardo Moscovis ganhou seu primeiro protagonista, o Delfino da minissérie A Madona de Cedro, do autor Walther Negrão, baseado na obra homônima do Antônio Callado. A Minissérie não chegou a ser um grande sucesso, mas Eduardo Moscovis ganhou experiência e credencial para ser contratado pelo SBT como um novo grande astro a ser apresentado pela emissora.

Daniel de As Pupilas do Senhor Reitor (1994)
pupilassenhorreitor95_logo



        No final do ano  1994, Eduardo Moscovis  ganhou seu primeiro protagonista em novelas, o galã Daniel na trama de As pupilas do Senhor Reitor, do autor Lauro César Muniz, baseada no obra homônima do Júlio Diniz. O Ator brilhou ao lado de Déborah Bloch, já consagrada como atriz. As Pupilas do Senhor Reitor foi o único trabalho do Eduardo fora da  Globo. Logo depois do termino da novela ele retornou a emissora carioca.

Fernando de Por Amor (1997)



com a CAROLINA FERRAZ
        Mesmo já com alguns personagens em seu currículo, foi o Fernando, o Nando de Por Amor, novela do autor Manoel Carlos,  foi o de maior destaque até então. Piloto de helicóptero, o personagem acaba sendo enveredado por uma falsa acusação de uso de drogas, armado por Branca (Susana Vieira), mãe de Milena (Carolina Ferraz) sua namorada, que não aceitava o namoro de ambos. A química entre Eduardo e Carolina Ferraz pegava fogo na trama em cenas de tirar o fôlego do casal que até ofuscou o casal de protagonistas vivido por Fábio Assunção e Gabriela Duarte.

Carlão de Pecado Capital (1998)
pecadocapital98_logo


Novamente com a CAROLINA FERRAZ 
        O sucesso em Por Amor, fez com que Eduardo Moscovis fosse contratado   pela Globo, como está até hoje, e ainda ganhou ao lado de Carolina Ferraz, os protagonistas do remake da novela Pecado Capital, reescrito por Glória Perez. Eduardo Moscovis tinha uma grande e ao mesmo tempo difícil personagem em suas mãos. O Carlão da versão de Janete Clair foi imortalizado por Francisco Cuoco, e mesmo depois de mais de 25 anos estava vivo em nossa memória. Mas Eduardo Moscovis fez um trabalho impecável à frente do personagem e conseguiu imprimir sua identidade a essa nova versão do Carlão.
Julião Petruccio de O Cravo e a Rosa (2001)
cravoearosa_logo


        A Veia cômica de Eduardo Moscovis foi mostrada (e aprovada) na trama de O Cravo e a Rosa,  do autor Walcyr Carrasco. Na pele do grotesco Julião Petruccio, o ator deu um show de humor em cenas inesquecíveis ao lado de Adriana Esteves.

Chico Maia de Desejos de Mulher (2002)
desejosdemulher_logo


com a GLÓRIA PIRES
                O Chico Maia de Desejos de Mulher, novela do autor Euclydes Marinho, foi outro personagem do ator dosado na comédia. Na trama Chico era um repórter que se apaixonava pela colega de trabalho Júlia, vivida pela atriz Glória Pires.

Reginaldo de Senhora do Destino (2004)
senhoradodestino_logo


       Em 2004, Eduardo Moscovis foi um dos destaques de um dos maiores sucessos do horário nobre nos anos 2000. Na trama de Senhora do Destino  ele deu vida ao corrupto deputado Reginaldo, que veio a ser o primeiro vilão no currículo do ator. O Final dado ao personagem pelo autor Aguinaldo Silva causou muita polêmica. Reginaldo morre apedrejado durante um comício por eleitores que descobriam seu verdadeiro caráter pessoal e político.

Rafael de Alma Gêmea  (2005)
almagemea_logo


com a PRISCILA FANTIN
        O Rafael  de Alma Gêmea , novela do autor Walcyr Carrasco, foi outro grande sucesso do ator. A Novela extremamente romântica conquistou todos os tipos de público que torciam pelo final feliz entre Serena (Priscila Fantin) e Rafael.  Infelizmente eles não tiveram um final tão feliz, afinal ambos morriam e se encontravam novamente em outra vida. Mesmo com o sucesso de crítica e junto ao publico do personagem, foi o Rafael  o último personagem em novelas do ator, que mesmo tendo recebido vários convites preferiu se dedicar ao teatro e em projetos menores na tv.  

Léo de Louco por Elas (2012)
loucoporelas_logo


com todo o elenco do seriado
        Em 2012,  Eduardo voltou a tv no sitcom Louco por Elas, do João Falcão, que contava a história do treinador de futebol feminino Léo, um homem que vivia rodeado por mulheres. Novamente o ator treinou sua veia cômica nas três temporadas do seriado marcadas pelo sucesso. No seriado vale destacar ótimos momentos do ator com Déborah Secco e Glória Menezes.

Fonte :
Texto : Evaldiano de Sousa
Pesquisa : teledramaturgia.com, memóriaglobo.com



Comentários